A cegas…

Uma técnica boa e divertida para aprender sobre vinhos é através de degustações a cegas.

Além do suspense criado pela situação de não sabermos o que estamos provando, as impressões que fazemos do vinho provado é bastante espontânea e imparcial, já que estamos livres de qualquer informação que possa influenciar o julgamento que fazemos de determinado vinho.

Foi assim que aprendi a degustar e é desta maneira que tenho conduzido as minhas degustações. Funciona!

Já me decepcionei  com vinhos que imaginava fantásticos e, para minha surpresa, me pareceram pouco interessantes quando provei as escuras. Ao mesmo tempo me surpreendi muito com a qualidade de vinhos que nunca provaria por puro preconceito ou por achar o rótulo brega.

Aprender sobre vinhos é assim, tomando com frequência, se possível provando mais de um para poder compará-los e perceber as diferenças – que sempre existirão – e, acima de tudo, sem fazer pré-julgamentos de algo que ainda não conhecemos.

Não é porque o vinho é europeu que ele tem que ser complexo e elegante ou um Cabernet Sauvignon está condenado eternamente a ser encorpado. Os estilos de vinhos são os mais diversos e podemos encontrar coisas interessantes de todos os lados e em todas as faixas de preço.

Para os que quiserem fazer a brincadeira da degustação a cegas com amigos a próxima vez, uma boa idéia é vestir as garrafas com sacos de pão ou imprimir alguma das etiquetas abaixo e colar em cima das originais das garrafas:

"Cura ressaca", tradução livre

Xixi e vinagre, tradução livre

Boa degustação!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s